A Pequena e Média Empresa precisa de gestão de pessoas?

O RH nas pequenas e médias empresas pode dispor de estrutura eficiente e ao mesmo tempo ser atuante, sem que haja considerável elevação dos custos fixos? Sim. É possível.

Roberto Gateno – CredHub

24/03/2021

As Pequenas e Médias Empresas são a força motriz do Brasil e grandes impulsionadoras do PIB.  Aproximadamente 70% do dos empregos do país são gerados por PMEs.

O RH nas pequenas e médias empresas pode dispor de estrutura eficiente e ao mesmo tempo ser atuante, sem que haja considerável elevação dos custos fixos? Sim. É possível.

Ainda, deve-se considerar que em geral as PMEs são muito conservadoras às mudanças no que diz respeito à cultura organizacional. As PMEs de modogeral são resistentes à mudanças quando se fala em novas tendências da administração moderna, especialmente quando o assunto está ligado à gestão de RH.

Muitos pequenos e médios empresários têm dificuldades em gerenciar custos, pois muitas vezes sua estratégia principal é somente sobreviver.

Segundo uma pesquisa recente da ABRH Nacional (Associação Brasileira de Recursos Humanos) durante um Congresso Nacional de Gestão de Pessoas, evidenciou que ainda é baixa, no Brasil, a preocupação de pequenas e médias empresas com o tema Gestão de Pessoas.

Mesmo que o empresário inclua a Gestão de Pessoas no seu Plano de Negócios, ainda há um velho vício de se confundir o RH com departamento Pessoal, ou seja, como uma área burocrática para admitir, gerir salários e encargos sociais e demitir pessoas.

Hoje em dia o RH tem uma função estratégica e usa um ferramental moderno que beneficia tanto as grandes empresas, como as PMEs. Nas grandes empresas verifica-se uma importância muito grande na gestão de pessoas.

É muito comum o aspirante a uma posição comparar benefícios, verificar a cultura de uma organização, procurar referências de chefes, checar plano de carreira etc. Ocorre que esses conceitos também são importantes para as PMEs. Não obstante, nas PMEs verifica-se falta de algumas ações com foco no desenvolvimento de funcionários em detrimento de ações nas áreas operacionais e de vendas, pois, afinal de contas a empresa precisa vender. Se não há vendas não há como contratar, não é mesmo?

Esse é o grande erro das PMEs, pois suas chances de crescimento também passam por uma boa Gestão de Pessoas.

Nos dias de hoje, basta entrar no Google para pesquisar as empresas. Existem vários sites em que se pode acessar a opinião de funcionários sobre o ambiente corporativo, jornada de trabalho, benefícios, enfim, várias informações que interessem a aspirantes a uma posição. É possível até ranquear as empresas baseado na experiência dos funcionários.

Se as PMEs implementarem um bom programa de Gestão de Pessoas, poderão não só diminuir o turnover de funcionários, gerando economia em processos de admissão, treinamento e demissão de funcionários, mas poderão também auferir os seguintes benefícios:

 

  • Redução no absenteísmo, evitando que colegas fiquem sobrecarregados com as atividades dos trabalhadores ausentes;
  • Processos mais ágeis e dinâmicos com equipes mais motivadas e engajadas;
  • Maior sinergia entre colaboradores no trabalho em equipe;
  • Diminuição no retrabalho, pois profissionais mais satisfeitos tendem a executar suas tarefas com maior atenção e segurança;
  • Maior capacitação de colaboradores;
  • Redução de problemas e atrasos em entregas de projetos, produtos ou serviços;
  • Aumento da qualidade no atendimento ao cliente, com profissionais mais dispostos e bem-humorado.

Comece pensando com carinho no seu processo de recrutamento e seleção. Desenvolva claramente um perfil de funcionário para uma determinada vaga. Crie um calendário de contratação. Siga-o à risca. Prepare uma descrição de cargos e salários bem definida. Realize o processo em etapas diferentes (prova escrita, reunião em grupo etc).

– Pense em engajar a sua equipe com treinamentos, gamificação, prêmios etc.

– Faça um processo de integração. É neste momento que ele é informado sobre diversos aspectos do trabalho e da cultura da empresa.

– Crie um processo de avaliação de desempenho.

 

Os pequenos empreendedores verdadeiros heróis para dirigirem seus próprios negócios e ficam expostos a responsabilidades sociais com os colaboradores e fiscais com o governo. Por isso, é importante a busca por conhecimentos para manter a longevidade empresarial. A síntese de gestão de pessoas moderna preconiza valorizar e investir em competências, habilidades, trabalho em equipe, descoberta de lideranças e talentos.

Atraia os melhores talentos

 

Uma PME compete com outras PMEs e com grandes empresas no quesito absorção de talentos. A introdução de melhores práticas de Gestão de Pessoas possibilita que a PME possa atrair talentos tão bons ou até melhores do que as grandes empresas em alguns casos. O que propomos aqui é que a PME busque o seu diferencial competitivo no quesito contratação e retenção de talentos.

Não pense somente em pagar os salários “na média do mercado”. É preciso ir além e buscar o seu diferencial competitivo. Invista na comunicação aberta, na harmonia entre os funcionários e equipes, invista em treinamento e premiações.  Você ficará surpreso com a quantidade de colaboradores que ficarão felizes em receber um kit de panelas como reconhecimento de bom desempenho. Não é preciso gastar muito, mas reconheça quando um funcionário ou equipe teve um bom desempenho.

Então, não é preciso gastar horrores para ter uma área de gestão de pessoas. Basta implementar algumas ações, ter um processo bem definido para diferenciar-se, contratar e reter bons funcionários.

Gostou do tema? Temos um ebook com um pouco mais de detalhes para ajudar sua empresa na gestão de pessoas. Clique aqui e baixe agora.


Comentários

Você também pode gostar de

Como conseguir crédito para sua empresa na pandemia
Logo no início da pandemia muitas empresas tiveram que encerrar suas operações, pois já estavam com problemas financeiros, com pouco caixa, fluxo de caixa descasado e também com dívidas com juros altos.
Como fugir dos juros do Cheque especial e Cartão de Crédito
Usar de forma contínua o cheque especial e manter-se no rotativo dos cartões de crédito é muito perigoso. Muitas vezes na correria do dia a dia, apesar de sabermos vamos deixando a “vida levar” e uma bola de neve pode estar em nosso caminho.
Caro médico, você cuida da sua saúde financeira?
Você sabe exatamente quais os seus ganhos e quais os seus gastos? Você sabe diferenciar os seus ganhos fixos de ganhos variáveis?

CredHub não cobra nenhum tipo de taxa antecipada de seus clientes.

Enviar mensagem
Precisa de ajuda?
Olá, CredHub! 👋
Gostaria de saber mais sobre os produtos.
Copy link
Powered by Social Snap