Como fugir dos juros do Cheque especial e Cartão de Crédito

Usar de forma contínua o cheque especial e manter-se no rotativo dos cartões de crédito é muito perigoso. Muitas vezes na correria do dia a dia, apesar de sabermos vamos deixando a “vida levar” e uma bola de neve pode estar em nosso caminho.

Luiz Viana – CredHub

13/01/2021

Usar de forma contínua o cheque especial e manter-se no rotativo dos cartões de crédito é muito perigoso. Muitas vezes na correria do dia a dia, apesar de sabermos vamos deixando a “vida levar” e uma bola de neve pode estar em nosso caminho.

O cartão de crédito e o cheque especial estão facilmente disponíveis. É aí que mora o problema. Crédito fácil, mas extremamente caro. Um dia essa conta chega pra você. Quando você procura ajuda de seu gerente de banco, apesar de existirem boas alternativas de crédito, eles acabam oferecendo o mais conveniente para eles que são as operações de crédito pessoal ou qualquer operação que esteja na “campanha de melhor gerente do mês”. Na maioria das vezes mais barato do que uma operação de crédito de 300% ao ano, mas ainda assim com juros escorchantes de até 120% ao ano por exemplo.

Suponhamos que você peça um empréstimo de R$ 10 mil no seu banco e o seu gerente te ofereça um crédito pessoal com juros de 8,15% ao mês por 60 meses. Ao final de 60 meses você paga R$ 49.348,20 para o  banco. Similar a um carro zero!   Mas, você também tem dívidas de cartão de crédito e o seu gerente um belo dia te liga e te oferece aquele parcelamento um pouco mais barato do que o cartão de crédito.

O primeiro passo para tentar sair dessa ciranda dos juros é um planejamento financeiro. Você precisa fazer um diagnóstico de todas suas finanças, e três perguntas simples podem te ajudar:

  1. Quanto eu ganho  
  2. Quanto eu gasto 
  3. Quanto eu tenho de patrimônio

 

Ao responder essas perguntas básicas e colocar numa planilha, você já consegue identificar se você está gastando com coisas supérfluas, desnecessárias, que podem ser reduzidas ou até mesmo cortadas. Faça um pente fino em seu extrato bancário e da fatura de seu cartão para identificar os vilões. Às vezes você poderá chegar na conclusão de que o seu nível de gasto é muito superior aos seus ganhos.     Com relação a patrimônio uma dica também seria vender bens que às vezes estão subutilizados, como por exemplo um terreno, ou um segundo carro que fica a maior parte do tempo parado na garagem. Será que vale a pena manter um bem que às vezes é pouco usado, que traz custo de manutenção, IPVA, seguros, taxas e licenciamentos, sabendo que hoje em dia, as vezes compensa utilizar um carro por aplicativo….

Nossos especialistas desenvolveram O e-book Manual da Educação Financeira que pode te ajudar a iniciar o seu plano de fugir os juros destes juros abusivos.

Ao iniciar este planejamento, cortando os gastos e se desfazendo de alguns bens, pode ser que seu nível de endividamento esteja grande e a saída realmente seja procurar um empréstimo para regularizar sua situação.  

A melhor solução para se obter crédito de longo prazo e de qualidade  é a operação de crédito com garantia de imóvel. Você pode tomar recursos de R$ 50 mil a R$ 2 Milhões  e pagar em até 20 anos com prestações que cabem no bolso. As garantias mais usuais são casas, apartamentos e salas comerciais.   Ao procurar opções de crédito no mercado, compare as taxas pela CET (Custo Efetivo Total) e procure sempre as instituições que são referência no mercado. 


Comentários

Você também pode gostar de

Como conseguir crédito para sua empresa na pandemia
Logo no início da pandemia muitas empresas tiveram que encerrar suas operações, pois já estavam com problemas financeiros, com pouco caixa, fluxo de caixa descasado e também com dívidas com juros altos.
Como fugir dos juros do Cheque especial e Cartão de Crédito
Usar de forma contínua o cheque especial e manter-se no rotativo dos cartões de crédito é muito perigoso. Muitas vezes na correria do dia a dia, apesar de sabermos vamos deixando a “vida levar” e uma bola de neve pode estar em nosso caminho.
Caro médico, você cuida da sua saúde financeira?
Você sabe exatamente quais os seus ganhos e quais os seus gastos? Você sabe diferenciar os seus ganhos fixos de ganhos variáveis?

CredHub não cobra nenhum tipo de taxa antecipada de seus clientes.

Enviar mensagem
Precisa de ajuda?
Olá, CredHub! 👋
Gostaria de saber mais sobre os produtos.
Copy link
Powered by Social Snap