Você sabe o que são KPIs ou Key Performance Indicators?

Os indicadores são uma boa oportunidade para que os empreendedores efetivamente conheçam o seu negócio. Isso naturalmente leva a um melhor gerenciamento.

Roberto Gateno – CredHub

09/06/2021

Key Performance Indicators, ou Indicadores-Chave de Performance são ferramentas importantes de gestão, que servem para medir a performance de uma empresa. Os indicadores são uma boa oportunidade para que os empreendedores efetivamente conheçam o seu negócio. Isso naturalmente leva a um melhor gerenciamento.

 

É pelos KPIs que os empresários sabem o que está realmente funcionando e o que deve ser ajustado. Um KPI deve ser objetivo, ser mensurável e ser verificável.

 

 

Primeiramente, existe métrica para tudo e não é prudente você realizar controle de absolutamente toda e qualquer atividade que você esteja fazendo. Então, a grande sacada aqui é aprender sobre os principais KPIs e escolher alguns que sejam importantes para o que você esteja fazendo na sua empresa. Em outras palavras, quer alavancar vendas? Use KPIs que reflitam essa atividade. Quer cortar custos, use os KPIs apropriados para isso. É por aí.

 

Porém, antes deverá haver um objetivo bem definido a ser alcançado e deverá haver comprometimento de todas as equipes envolvidas, já que os esforços muitas vezes envolvem vários departamentos ou áreas da empresa.  Isto vale também para as PMEs. Não é porque não haja vários departamentos envolvidos que a PME não possa ter seus próprios KPIs. Aliás, este artigo é justamente para você Pequeno e Médio Empresário.

Os KPIs são a melhor forma de manter a comunicação aberta entre todos os colaboradores e mantê-los alinhados no mesmo propósito. Uma vez definidos, deve-se buscar qual o objetivo e os KPIs devem ser amplamente disseminados dentro da empresa.

 

Tão importante quanto o que foi dito acima é que os KPIs devem ser simples. Muitas vezes os KPIs são tão complexos que as áreas envolvidas têm dificuldade em medi-los e também em segui-los corretamente. Todos os indicadores têm um numerador e um denominador. É preciso que, numerador e/ou denominador sejam mutáveis, de outra forma objetivos para sua melhora não poderão ser imputáveis. Por exemplo, vamos supor que um determinado trecho de uma estrada exija 10 toneladas de asfalto. Não será possível mudar a quantidade de toneladas de asfalto necessário, mas poderemos mudar outro componente do KPI. Por exemplo. Quantas viagens de betoneiras (supondo que cada betoneira carregue uma certa quantidade de asfalto) por tonelada de asfalto por exemplo.

 

Mas como definir o meu ou os meus KPIs?

 

De nada adianta você buscar KPIs que nada tem a ver com o seu negócio. Portanto, o primeiro de tudo é que eles sejam relevantes para o que você está fazendo. Então, você deve saber qual o objetivo do seu negócio. Por exemplo, suponhamos que você quer medir a eficiência do fluxo de pessoas na sua loja. Você então pessoalmente verifica que de 2ª a 6ª entram uma média de 100 pessoas por dia. Porém, no sábado essa média aumenta para 150 pessoas. Você acha que este indicador (fluxo de pessoas/dia) te diz alguma coisa?  E se você incluísse quantas pessoas compram por dia. E se incluísse quantas pessoas compram produtos de maior valor agregado por dia, já estaria afunilando um pouco mais seu KPI, pois estaria agregando variáveis de rentabilidade que afetam também o seu fluxo de caixa, ou seja suas vendas e suas compras. Por exemplo, se você definisse que o seu objetivo é que no mínimo 10 pessoas comprem por dia, sendo que dessas 10 pessoas, 2 comprem produtos de maior valor agregado. Por aí você já tem material suficiente para medir os seus próprios KPIs de vendas. E se você incluísse número de vendas por vendedor. Se você quiser, pode definir um objetivo para cada vendedor a partir dessas informações.

Vamos supor que você esteja sofrendo muitas baixas nos seus vendedores, ou seja, vamos supor que o turnover do seu negócio esteja alto. Turnover alto significa que você terá que treinar mais vezes sua equipe de vendas para atingir o resultado desejado, uma vez que tem muita gente nova entrando. No entanto, tem muita gente saindo, o que também implica em um maior número de rescisões trabalhistas. Turnover alto significa que alguma coisa não está bem no seu negócio e você precisa corrigir. Identifique o problema. Por exemplo, suas comissões de vendas estão abaixo do mercado. Vale à pena aumentar um pouco as comissões, objetivando maior retenção de pessoal?

Outro exemplo pode envolver a qualidade dos seus produtos. Suponhamos que você enfrenta um número alto de devoluções de produtos. Vale à pena medir essas devoluções no tempo por exemplo e vale à pena revisar o seu controle de produção para ver se há algum gargalo ou problema a ser corrigido.

Escrevemos um e-book (clique aqui para baixar) que esperamos, possa ajudá-lo entender um pouco mais sobre este tema.

Ninguém conhece melhor o seu negócio do que você, então estabeleça seus próprios objetivos, comprometa a sua equipe, dissemine os indicadores e os objetivos que você busca e mãos à obra.


Comentários

Você também pode gostar de

Como conseguir crédito para sua empresa na pandemia
Logo no início da pandemia muitas empresas tiveram que encerrar suas operações, pois já estavam com problemas financeiros, com pouco caixa, fluxo de caixa descasado e também com dívidas com juros altos.
Como fugir dos juros do Cheque especial e Cartão de Crédito
Usar de forma contínua o cheque especial e manter-se no rotativo dos cartões de crédito é muito perigoso. Muitas vezes na correria do dia a dia, apesar de sabermos vamos deixando a “vida levar” e uma bola de neve pode estar em nosso caminho.
Caro médico, você cuida da sua saúde financeira?
Você sabe exatamente quais os seus ganhos e quais os seus gastos? Você sabe diferenciar os seus ganhos fixos de ganhos variáveis?
Enviar mensagem
Precisa de ajuda?
Olá, CredHub! 👋
Gostaria de saber mais sobre os produtos.

CredHub não cobra nenhum tipo de taxa antecipada de seus clientes.

Copy link
Powered by Social Snap